fbpx
Agir lamentou “momento infeliz” de Fernando Tordo.

Músico pede desculpas: “Apercebi-me da injustiça”.

 |  Alexandra Ferreira  | 

“Mais do que um pedido de desculpa, quero que este meu erro me leve a construir pontes e a potenciar o diálogo com os meus colegas de profissão”, afirmou o cantor Fernando Tordo depois do jovem músico Agir lhe deixar uma mensagem pelas declarações polémicas feitas numa entrevista sobre a nova geração de músicos portugueses.

Tordo referiu que “90% da música portuguesa que se ouve não tem qualquer dignidade”, considerando-a mesmo para “atrasados mentais”.

E Agir respondeu à letra: “Querido Fernando, gostava de começar por dizer que o admiro imenso, a si e a toda a sua obra. Cresci com ela e consigo sempre por perto, através dos meus pais, daí nutrir por si uma estima singular. Confesso que fiquei triste por ler estas declarações. Ainda não fui ver a entrevista completa mas este pequeno excerto não deixa grande margem para dúvidas”, lamenta. “Terá sido um momento infeliz mas acredite que o que não falta, hoje em dia, são autores e intérpretes que só prestigiam a nossa língua e a nossa música. Terei todo o gosto em dá-los a conhecer ao Fernando, de preferência à mesa. Tenho a certeza que irá gostar, tanto da nova música como da refeição. Forte abraço”, rematou Agir.

TORDO PEDE DESCULPAS

Pelos visto a mensagem de Agir tocou a consciência de Fernando Tordo que veio a público na sua conta oficial de Instagram, lamentar a polémica recente em que se viu envolvido depois de ter feito declarações controversas sobre o momento atual da música em Portugal.

“Apercebi-me da injustiça que as minhas palavras foram para todo um universo de colegas que, tal como eu, trabalham diariamente para levar o seu melhor aos palcos e rádios deste país, principalmente nesta fase tão complicada para todo o setor cultural. Mais do que um pedido de desculpa, quero que este meu erro me leve a construir pontes e a potenciar o diálogo com os meus colegas de profissão. Todos, sem exceção!”, afirma, mostrando-se arrependido e com vontade de conhecer e dar a conhecer o que de melhor se faz no panorama musical.

Créditos Imagem:

@reprodução Redes Sociais

Relacionados


© 2022 Direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Segue News. | Prod. Pardais ao Ninho.