fbpx

Radialista.
Licenciatura em História
da Antiguidade.
Experiência de vida
pluri-continental.

23 Mai

‘JACK, O BABUÍNO’

Almeida Garret cantou na 1.a quadra do seu afamado poema: “Lá vem a Nau Catrineta Que tem muito que contar! Ouvide agora senhores, Uma história de pasmar”.   Com a devida vénia, passamos a outra ‘história de pasmar’: a de ‘Jack, o Babuíno’. H…
02 Mai

LATITUDE 34,8311o S, LONGITUDE 20,0131o E

A imensidão do ondulante manto azul-esverdeado, cortado no pano azul celeste por ténue linha perdida no horizonte; a brisa, o ar prenho de salinidade enchendo as narinas; o perscrutar da cor, do formato e a altura das nuvens ao sabor dos ventos; a…
28 Mar

‘SE AS ÁRVORES FALASSEM…’

Para quem percorre o litoral meridional da África do Sul no sentido leste a partir da cidade-berço (a Cidade do Cabo), a cerca de 400 quilómetros situa-se a cidade de ‘Mossel Bay’ (a ‘Baía dos Moluscos’, assim denominada pelos holandeses no século…
06 Mar

GUSTAVE não fica esquecido…

Da espécie ‘Crocodylus Niloticus’, GUSTAVE foi o nome dado a uma bisarma com pouco mais de 6 metros de comprimento e quase uma tonelada de peso:‘crocodilo do Nilo’ ao qual se atribuíu a morte de 200-300 pessoas e que durante décadas passeou a sua …
15 Fev

De AR-RUZZA a ARROZ

O ar-ruzza árabe passou a denominar-se arroz na Península Ibérica; na Grécia surgia o termo óruza, oryza em Latim; na França surgia o termo ris (donde derivou ‘rice’ em Inglês), reis, em Alemão, rijst nos Países Baixos, a raíz do termo sendo assim…
25 Jan

IN VINO VERITAS! (II)

Já aqui falámos do Dia de São Martinho; adientemos hoje um pouco mais sobre aquele que é um dos tradicionais sectores da Economia de muitos países: a produção, venda no mercado interno e a exportação de vinho. Os abstémios bem podem atribuir culp…
04 Jan

“De IANVS ao fim d’ano de 2024!”

IANVS, ou JANUS, era o deus romano de todos os Começos e Fins, de Passagens e Transições, Portas e Portões, do Tempo e da Dualidade, entre outros. Por isso era representado por duas faces contíguas, uma virada à esquerda, ao passado, e outra, mais…
15 Dez

Urgente: preservar a existência de elefantes (II)

Em África, há vários países com programas destinados à protecção do elefante. Eis-nos referindo à protecção do elefante, tal como prometido em crónica anterior. Segundo se calcula, com a constante caça ao elefante africano, furtiva ou não, no term…
24 Nov

IN VINO VERITAS (I)!

O Dia de S. Martinho já lá vai (11 de Novembro). Em Portugal esta data associa-se à celebração da maturação do vinho do mesmo ano. Segundo o velho ditado: No Dia de S. Martinho vai à adega e prova o vinho! Falemos pois sobre um episódio que se rel…
06 Nov

“RESVÉS CAMPO DE OURIQUE…”

No século VII (D.C.) a Igreja Católica fez celebrar o FESTUM OMNIUM SANCTORIUM, um dia de festa para que os maus espíritos fossem afastados. Pouco mais de uma centena de anos depois o 90. o Papa, Gregório III, de origem síria, dedicava em Roma no …
12 Out

ASTROS HÁ MUITOS… SOL, HÁ SÓ UM!

O fascínio daquilo que durante milénios se imaginava ser um Firmamento sempre acompanhou o genus Homo. Recentemente foi descoberta uma moeda romana em bronze nas circanias de Haifa, em Israel. Por tais paragens existia Caesarea Maritima, um porto…
21 Set

Urgente! Precisam-se – elefantes e o seu habitat

‘Com este andar da carroça’ por volta da década de 2040, assevera-se hoje, a miudagem só poderá percepcionar elefantes ao visitar um Jardim Zoológico, através de imagens imprimidas ou filmadas. A desenfreada prática da caça furtiva resulta em pres…
07 Set

AREIAS DO INFERNO: A COSTA DOS ESQUELETOS!

Para aproveitar ventos e correntes de feição levando a melhor dobrar o já então designado Cabo da Boa Esperança, a armada comandada por Vasco da Gama (na primeira viagem à Índia) depois de Cabo Verde rodou o leme a estibordo, a oeste e a pleno oce…
10 Ago

DE ROMA A LISBOA, ESPECIARIA DE ELEIÇÃO

A costa oriental egípcia bordejando o Mar Vermelho há muito que servia de ponto de encontro com mercadores provenientes do mundo asiático. Com a fundação de Alexandria 332 A.C por Alexandre ‘O Grande’, o Egipto passava a contar a oeste do estuário…
20 Jul

DE PORT NATAL A DURBAN…

Interessante é certamente notarmos quão prolífera é a nomenclatura de raízes portuguesas em terras de África. Um colega de origem queniana dizia-me que em certas áreas do seu país chamavam aos portugueses de ‘morrenos’ (com bem carregados érres). …
29 Jun

DATAS RELEMBRAM PESSOA(S)

Datas relembram pessoas: a de 13 de Junho fez relembrar o nascimento e o inesperado período da sua formação na pré-adolescência e na adolescência de uma delas. Criança tímida, arrancada aos 8 anos de idade incompletos da vivência lisboeta da últim…

© 2022 Direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Segue News. | Prod. Pardais ao Ninho.