fbpx

Realizador de rádio, jornalista, apaixonado por fotografia, empresário, director de marketing mas acima de tudo FF é um homem com uma visão única sobre a vida e os acontecimentos que moldam o ser humano.

24 Mai

“A língua que falamos”

Não vou falar tão somente da Língua que me habituei a amar, e procurei conhecer nas evidências e nas subtilezas, mas da linguagem ela própria, eterna forma de entendimento entre os homens. É ponto assente que uma Língua, só assim é considerada, se…
17 Mai

“A passagem do Testemunho”

Dei comigo a pensar que a Humanidade não morre por morrer um homem; para substituir quem parte, há sempre quem chegue. A vida Humana é de facto uma corrida de estafetas; a cada um de nós cabe um pedaço do percurso, cabendo também fazê-lo o melhor …
10 Mai

O meu ofício é pensar

O meu ofício agora, é pensar. Não estranhem, portanto, que de vez em quando comece esta conversa dizendo, só por dizer: “Dei comigo a pensar” como é paciente a Natureza, que espera que a chuva caia quando o entenda, para então matar a sede, e ench…
04 Mai

Animais de companhia

O título que hoje vos trago pode ser enganoso, pois me vou referir em particular ao Ser Humano. Na verdade, o Homem pertence ao Reino Animal e para ser mais preciso, somos um vertebrado, mamífero, primata, hominídeo, do género Homo, e da espécie S…
27 Abr

“O Sucesso e o Insucesso”

A Vida é feita disso: sucessos e insucessos. E ambos pesam na bagagem que a maioria das pessoas carrega, numa sociedade competitiva como a nossa, tanto no âmbito social, como no do trabalho. Só no terço final da vida, se costuma fazer o balanço du…
19 Abr

“Navegar solitário”

Vou hoje falar-vos duma profissão que provavelmente desconhecem, mas é fascinante:  fazer a entrega, em qualquer ponto do mundo, dum veleiro saído do estaleiro que o construiu. Entrega feita por mar, por apenas um tripulante em  solitário, que faz…
12 Abr

“A Grande Mudança”

A Humanidade chegou até onde se encontra, mudando de geração em geração, conceitos, instrumentos e posições. Quando se muda, se pressupõe que se avança, ou que se melhora, ou que se emenda, ou simplesmente se inova. Como seria de esperar, nem tudo…
05 Abr

2 + 2 igual a 4

No meu tempo, que uns acham que foi mau, e outros acharam bom, 2+2 era igual a 4. Claro que já naquela altura, 2 mais 2 podiam ser 22, mas o sinal + teria de lá não estar; para saber isso nem era preciso ter a quarta classe, de boa memória para mu…
29 Mar

Os Astros

Agora todos são astros …basta terem um telemóvel à mão; como não será quando estiver inteiramente disponível a inteligência artificial. Mas Astros, na realidade, são o Sol e a Lua, a Terra, os outros Planetas, os que vemos e aqueles que não vemos,…
22 Mar

O inevitável

O inevitável é apenas isso: aquilo que não se pode evitar… E na vida de todos nós, o inevitável está sempre presente. A começar pelo nascimento, retiro-me ao nosso, claro, para o qual não contribuímos com nada, e nem para tal fomos ouvidos. E depo…
15 Mar

O telegrama

Para muitos dos que vão lendo estas incursões no tempo de antigamente, a palavra Telegrama não significa grande coisa, já que o dito telegrama deixou de estar em uso há dezenas de anos; mas já foi o mais rápido meio de comunicação disponível, na m…
09 Mar

“A Sina e o seu fado”

Se há coisa que o Ser Humano sempre procurou saber, foi como seria o seu futuro, quanto tempo viveria, e o que lhe iria acontecer. Desde que existe como bicho pensante, procurou essa resposta de várias maneiras: através dos astros e da sua posição…
01 Mar

Maneiras de medir o tempo

Como todos bem sabem, o tempo mede-se em anos, que se acumulam em séculos; os mais apressados, usam as horas, os minutos e até os segundos. Mas há outras maneiras de contar o tempo, como esta que aqui vos trago.  Dei comigo ontem a olhar para duas…
22 Fev

“Obrigado, também se usa“

Esta foi talvez a frase que mais ouvi, no caminho de aprendizagem que todos fazemos, para bem nos adaptarmos, como é devido, à vida em sociedade. E de tanto a ouvir… aprendi. Aprendi que qualquer serviço, ainda que pago seja, merece ser agradecido…
15 Fev

Do bloco de gelo até à geleira

Na cidade tropical em que passei a minha infância, a temperatura no verão ultrapassava os 30 graus, e com dias de ponta perto dos 40. A ingestão de líquidos bem frescos, era, mais do que um vício, uma necessidade; nos dias de canícula. a mais espe…
08 Fev

O fotógrafo

O fotógrafo do meu tempo, já não existe. No século XX, mesmo na mais remota sociedade, o fotógrafo era uma figura típica; dele se guarda ainda por cá, mas apenas por graça, a frase que usava para prender a atenção do cliente no momento do disparo:…

© 2022 Direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Segue News. | Prod. Pardais ao Ninho.