fbpx

Realizador de rádio, jornalista, apaixonado por fotografia, empresário, director de marketing mas acima de tudo FF é um homem com uma visão única sobre a vida e os acontecimentos que moldam o ser humano.

10 Jul

“A Bebinca”

Para além do bom Caril, de que falei na crónica anterior, a região de Pangim, ou Nova Gôa, é também muito conhecida pela excelente doçaria que produz, com origens que se perdem na vastidão do tempo. Continuamos assim na Índia, para vos falar de um…
03 Jul

“Carilada”

Na Lisboa dos anos 50, plena de relacionamento humano, quando todo o mundo se cumprimentava, e ainda os homens davam o seu lugar às mulheres e aos mais vulneráveis, como regra obrigatória, o prato que reiunava na Capital do País, era então o Bacal…
26 Jun

“Reflexão sobre a vida”

A todo o momento nasce uma vida, algures no mundo. Deveríamos na verdade dizer, no “nosso mundo”, já que há outros mundos, que desconheçamos, e onde há vida também. Faloportanto  da vida Humana, aquela que nos coube, entre outras mais que no nosso…
19 Jun

“Arrumar a Casa”

Nunca a Casa do Homem, aquela que a todos alberga e pertence, instalada num planeta, que visto da Via Láctea parece azul, nunca ela esteve, tão desarrumada como agora está. No princípio dos tempos, o espaço era de todos, mas com maior ou menor amb…
14 Jun

“Não somos nada…”

Há dois meses que nos deixou. E deixei eu correr o tempo, e é no silêncio que sempre se segue, que o volto a lembrar agora, na vã tentativa de que o não esqueçam: falo de  Eugénio de Almeida Lisboa. Engenheiro de profisão, homem de letras por natu…
05 Jun

“Palavras que magoam… “

Para resolver uma contenda, de pequena ou média dimensão, usam as pessoas muitas vezes a força física, ou servem-se do pêso das palavras, poucas vezes seguindo o caminho do entendimento, sensato e genuíno. Tal acontece raramente, por cada uma das …
31 Mai

“Dar à corda”

Por gosto do antigo e da sua utilidade, tenho em casa dois relógios de parede, do fim do século passado, não apenas para vista, mas para cumprirem a sua missão: dar as horas, o que eles fazem. Em contrapartida e para que não pararem, tenho de dar-…
22 Mai

“O Artificial desafia o Real”

Há já um tempo, admirado com o quase silêncio sobre uma tal “Inteligência Artificial”, cujo lançamento pleno se previa para o ano de 2025, vos alertei aqui, neste espaço, para a prodigiosa revolução que ela traria à vida humana, de bom, espantoso …
16 Mai

O Rei futebol

Quem, na nevoenta Grã-Bretanha, um dia decidiu inventar um jogo entre equipas, que incluía corrida, e a condução duma bola de couro, chutando-a ou cabeceando-a, num campo retangular devidamente marcado, com a intenção de a introduzir numa das duas…
11 Mai

Ter ou não ter cabelo?

Ter ou não cabelo, não interfere em nada com o inexorável correr do tempo… faz parte. Chegados os quarenta anos, quando não acontece antes, quem tiver cabelo, vê surgir, os primeiros tufos brancos, a alertar o dono para o implacável correr do te…
01 Mai

“Quem tem, não usa… Quem não tem deseja!”

É mesmo assim em tudo, se bem o pensarem, e se tiverem a coragem de o reconhecer. Passamos a vida a querer ter coisas que depois desprezamos ou no menos prezamos, ou não usufruímos, como era esperado ou merecido que fossem. Essa sequência de desej…
24 Abr

A curta palavra “só”…

A curta palavra só, pode ter uma enorme dimensão quando significa solidão. A companhia é algo que o ser humano procura desde o seu nascimento, o mesmo fazendo os outros animais, por necessidade de alimentação, de defesa, de aprendizagem, e duma ca…
17 Abr

A Serra e a Beira mar

Se é verdade que já não há com certeza, uma casa portuguesa, tal como ela  era, dou conta com prazer, que uma nova tendência se vai estabelecendo no Reino de Afonso Henriques: um singular, regresso ao campo, da geração intermédia, em detrimento da…
11 Abr

Aprender com a vida

Com quem melhor podemos nós aprender do que com a vida? Aprendemos até sem querer, ou nada com ela aprendemos, tudo depende de estarmos ou não atentos, elemento primordial em qualquer aprendizagem. Foi na Vida que aprendi, por exemplo, que uma boa…
03 Abr

“É uma casa Portuguesa, com certeza…”

Vi nascer esta canção e tive o prazer de trabalhar com o maestro Artur Fonseca alguns anos; fui também colega de Vasco Matos Sequeira e do extraordinário Reinaldo Ferreira, de quem injustamente tão pouco se fala. Não foi Amália quem primeiro a can…
27 Mar

Trabalho de Casa…e Trabalho em Casa

O trabalho de casa, sempre foi mal avaliado e pessimamente agradecido. E contudo, foi também sempre, dos mais duros e rotineiros, que a Mulher teve de o abraçar, com desvelo e sem queixa, por força daquilo que a sociedade, injustamente, pensava se…

© 2022 Direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Segue News. | Prod. Pardais ao Ninho.